Cláudia Lopes

Cláudia Lopes

A Chef Cláudia Lopes tem dois grandes amores: o cinema e a cozinha.

O primeiro foi fácil e natural: Cláudia nasceu com o cinema a correr-lhe nas veias, e desde cedo trabalhou, viveu e respirou a sétima arte.

O segundo foi igualmente óbvio. Foi em criança, com a sua avó Elvira que adquiriu o gosto pela arte culinária, em especial pela cozinha tradicional portuguesa. Foi aí que aprendeu a fazer o seu famoso arroz de tomate, e que descobriu que a culinária também era cénica.

Como Chef das Cafetarias do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado pôde apurar e aprofundar os seus conhecimentos do receituário nacional reinventados e adaptados à vida moderna. Aí, orgulha-se te ter criado várias declinações dos pratos nacionais, como a garoupa à portuguesa e o bacalhau à sua maneira, mas a sua preferida é o cozido de pato com couve lombarda e enchidos de porco preto.

A Chef Cláudia Lopes irá continuar a cozinhar, a desenvolver e a aprender as tradições gastronómicas de terras lusitanas. Tudo isto enquanto se dedica ao seu outro amor, através da Academia Portuguesa de Cinema.

Informação adicional sobre a chef

A Chef está disponível nas áreas geográficas identificadas no menu de opções, mas pode também deslocar-se a outros locais (para tal, por favor contacte-nos).